Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2017

O Prefeito pergunta: ambulância ou festa?

Um caso curioso circula hoje nas redes sociais e portais de notícias. A Prefeitura de São Bento/PB disponibiliza em seu site uma enquete para os cidadãos que quer saber o que os munícipes preferem: uma festa de São João ou a compra de uma ambulância. Se está difícil de acreditar, confira você mesmo:https://www.saobento.pb.gov.br/.

É no mínimo curioso ver o Prefeito, representante eleito pelo povo, delegar uma escolha tão importante. Já imaginaram se a moda pega?
(A última vez que checamos, a compra da ambulância estava ganhando.. pelo menos isso!)

Mais sobre a notícia no: http://g1.globo.com/pb/paraiba/sao-joao/2017/noticia/prefeito-no-sertao-da-pb-faz-enquete-para-decidir-se-faz-festa-de-sao-joao-ou-compra-de-ambulancia.ghtml

Dicas de cursos online e gratuitos sobre gestão pública.

Imagem
Relacionamos três instituições que oferecem cursos online e gratuitos na área de gestão pública. Bons estudos!
INSTITUTO LEGISLATIVO BRASILEIRO - ILB Escola de Governo do Senado Federal Link:https://www12.senado.leg.br/institucional/escola-de-governo/cursos-on-line



EGP - ESCOLA DE GESTÃO PUBLICA Escola do Tribunal de Contas do Estado do Paraná Link:http://www1.tce.pr.gov.br/egp/



INSTITUTO SERZEDELLO CORRÊA (ISC) Escola Superior do Tribunal de Contas da União Link:https://contas.tcu.gov.br/ead/








Onde estavam os tribunais de contas enquanto rombos fiscais bilionários eram construídos?

Interessante reflexão sobre a atuação dos Tribunais de Contas no Brasil e o novo movimento que surge, batizado de #MudaTC. O texto é de autoria de Júlio Marcelo, procurador do Ministério Público junto ao TCU, e vem sendo compartilhado em diversos jornais e blogs. Aproveite a leitura!
_________________________________________________________________________________
Onde estavam os tribunais de contas enquanto rombos fiscais bilionários eram construídos?

No próximo dia 22 de maio, será lançado, em São Paulo, o Movimento #MudaTC, pela reforma dos Tribunais de Contas. Idealizado por entidades de servidores e membros do Ministério Público que atuam nos tribunais de contas, o movimento quer ser de toda a sociedade, uma vez que somente um forte desejo da sociedade poderá promover as mudanças necessárias em órgãos tão importantes, mas tão vulneráveis à captura pelos grupos políticos dominantes. (*) Embora fundamentais para o bom funcionamento da administração pública, reunindo amplos poderes…

3ª edição da Escala Brasil Transparente

Imagem
Pela terceira vez o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria Geral da União disponibilizou em seu site o resultado da Escala Brasil Transparente (EBT), índice que mede a transparência pública dos estados e municípios e faz um ranking de cumprimento da Lei de Acesso à Informação. Abaixo está o resultado da avaliação para os estados brasileiros: Para ver mais sobre o tema, acesse: http://www.cgu.gov.br/assuntos/transparencia-publica/escala-brasil-transparente
Houve uma evolução considerável se compararmos à primeira avaliação feita, porém, deve-se ressaltar que atender ao princípio da transparência é um dos pressupostos básicos da administração pública, constituindo-se em uma obrigação dos entes federativos atendê-lo integralmente. Alguns casos são alarmantes: o Amapá, por exemplo - mesmo com a ampla divulgação do índice e da Lei de Acesso à Informação - ainda falhou em atender todos os critérios elencados, atingindo nota zero; o Rio de Janeiro, segundo maior estado em …

Congresso USP 2017 – Trabalhos na área de contabilidade e administração pública

Imagem
Um dos principais eventos científicos brasileiros em contabilidade, o Congresso USP, divulgou no dia 16/04 a lista de trabalhos aprovados para sua edição deste ano, tanto para a International Conference, quanto para o  Congresso USP de Iniciação Científica.

Segundo levantamento preliminar do Blog GECAP, tomando como base somente os títulos das pesquisas, dos 227 trabalhos aprovados, 38 deles guardam relação com contabilidade e administração pública. Ou seja, 16,7% dos trabalhos aprovados. Visto que o Congresso USP não tem como foco específico o setor governamental, estando inclusive o evento subdividido em oito linhas temáticas, impressiona positivamente o número de trabalhos aprovados na área.

Assim, em face da atual conjuntura nacional e os vários debates envolvendo questões previdenciárias e trabalhistas, da boa gestão governamental e do combate à corrupção, entendemos ser ainda mas importante e oportuno o aprofundamento de estudos no campo da contabilidade e administração pública…